Samba Da Melância 🍉 2018

Uma homenagem a Jovelina Pérola Negra e a comunidade da Vila Brasilândia que conseguiu reunir suas várias vilas e jardins em um autêntico clima de Natal!

Este ano o Samba da Melancia pode proporcionar ao público presente mais que uma Roda de Samba entre amigos que naturalmente virou uma celebração tradicional do bairro. Proporcionou momentos especiais e fez lembrar aquelas perguntas: Quem nunca queimou a largada no Natal? ou quem nunca deu uma passadinha rápida para ver os amigos. O fato é que conseguimos valorizar a cultura popular brasileira, com a união da sociedade civil, voluntários, movimentos sociais e o poder público fortalecendo está festa gerou renda, oportunidade aos comerciantes e contribui positivamente para valorização do local para realização de eventos comunitários, proporcionando entretenimento para comunidade da Brasilândia.

Após uma semana, é possível mensurar o que de fato aconteceu dia 24/12/2018 na Rua Rui Moraes de Apocalipse em frente ao saudoso Mec’s Bar. Através das Redes Sociais e dos mais próximos podemos constatar a satisfação de estar presente, sentir-se seguro, reencontrar amigos da época de escola, vizinhos de outros bairros da Brasilândia. Nem mesmo a chuva atrapalhou esta tarde abençoada que veio para refrescar e lavar a alma de quem estava lá, reunidos em um clima 100% Harmônico embalado ao som da batucada e diversos sambas, homenageando Jovelina Pérola Negra, tema da camisa deste ano e com a presença ilustre dos sambistas da Vila Brasilândia e Cachoerinha reunidos.

Um agradecimento em especifico a linha de frente do evento:
Família Franco: Sobrinho, Gordão, Bigode, Robson, Gui, Angélica e a minha irmã Mariana que sempre estará conosco. Aos incansáveis Zambi, PC, Rodolfo e Camila, Fabio Rocha e Fernanda, Gaby e André Adriano, Luís, Tiziu, Pedro, Ronaldo e Leonardo.

Ao organizador Movimento Dubrasa pelo segundo ano consecutivo e aos parceiros Marcelo e Drika do Mec’s Bar, Marcelo do Carlão, Rapaziada do Samba, DJ Guigo, Casão da Invasão, Movimento Salve Periférico e Adega do Largo.

O nosso muito obrigado e que em 2019 possamos estar reunidos novamente.

Um grande e forte abraço a todos,
Bruno Silvestre.

Veja as fotos acesso o link, clique aqui.

Comentários

comentários